Marcia Simões

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Um ato de amor.


Acredito que a mulher, concedida por Deus, é responsável pela felicidade, alegria ,a paz e ideologia dos filhos. Através do seu gesto é concebido, então, será sempre sua responsabilidade.
É num gesto de amor incondicional que será ensinado as diretrizes da educação, orientaçao da melhor forma de pensar e o agir da criança num grupo social.
Aceitando ou não, o ato de transferir ou alegar incapacidade desta responsabilidade é uma atitude de fuga e de covardia.
O pai tem função importante, a financeira, o exemplo, o alicerce, o equilibrio o apóio da familia.
Educar é uma atitude que requer muito trabalho, obstinação, resistência física e mental, é uma busca diária da sabedoria, é fazer sucessiva reflexões em busca do melhor para o filho no futuro. Ser mãe é chegar ao final de cada dia, e saber que foi enfrentado com dignidade e vencido com bravura.
É saber que, embora cheio de desafios, foram transformados em dias de superação.
Não é fácil, nesta era de polulismos, os pais competirem com as interferências e influências da mídia, dos amiguinhos, da tecnologia, resistir ao cansaço do cotidiano, da velocidade do tempo e... vencer. Vencer é renovar as energias, não perder o carinho pelos filhos, ainda ter as palavras de afeição, ter forças para enxergar o foco, ter o equilibrio entre querer e fazer e o que deve ser feito. Nem sempre o melhor é a atitude mais confortável.
Invista cada vez mais nos diálogos, no ouvir, nos ensinamentos do coração para chegar a razão e fazer com que o futuro seja cada vez mais parecido com o que você idealizou no passado. Ser feliz, depende de você, fazer o outro feliz é responsabilidade para os homens de bem!!
Postar um comentário