Marcia Simões

terça-feira, 30 de março de 2010

Saudade

Saudade
Terna lembrança,
Um silêncio sem sentido.
O vazio dos momentos,
Com a imensa vontade de tudo rever...
Dor sem remédio,
Na lembrança do seu rosto,
Na esperança do seu sorriso,
Do afeto guardado no peito.
É o pranto da alma!
A angustia enche o coração,
Na busca de sua ausência,
Um sofrimento que calo sempre sozinha.
Resta agora, o silêncio e a saudade.
Um grande vazio da sua ausência...
Saudade teu nome é Silêncio!
Marcia Simões

Dedico este poema as pessoas que partiram e deixam a saudade...
Achei esta definição sensata:Saudades de mim em você!!!
A saudade é um sentimento realmente inexplicável! Se a definição estiver certa, estou com saudades do "meu pedaço que está em você"!!!

Lembranças Eternas para querida Tia Therezinha que sempre me incentivou com meus trabalhos, em vida foi um exemplo a ser seguido; foi um símbolo da vaidade; praticou a simplicidade e a dedicação da fé; usou a palavra razão com muita discrição; superou as dificuldades, com resignação e com coragem enfrentou a doença e a dor. Me deu carinho a atenção; e eternizou sua alegria no meu coração. Agradeço a Deus pela oportunidade de ter colocado uma pessoa tão especial na minha vida!
Márcia Simões
Postar um comentário